Menu

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Alfred Hitchcock e os Bastidores de Psicose - Stephen Rebello

LIVRO – ALFRED HITCHCOCK E OS BASTIDORES DE PSICOSE


Título: Alfred Hitchcock e os Bastidores de Psicose
Título Original: Alfred Hitchcock and the Making of Psycho
Número de Páginas: 256
Autor: Stephen Rebello
Editora: Intrínseca

O escritor e roteirista, Stephen Rebello escreveu Alfred Hitchcock e os Bastidores de Psicose, a partir de suas conversas com o próprio Hitchcock e da convivência com os demais produtores no filme. O livro relata a grande jornada de uma produção complicada e duvidosa por meio dos estúdios da Universal. O longa só conseguiu sair do papel com o dinheiro do próprio bolso do diretor, que fez o tonar um dos maiores diretores de horror e suspense de todos os tempos.

O CINEMA DEVERIA SER CONSIDERADO MAIS FORTE QUE A RAZÃO.

O estilo contagiante de Rebello transmite todos os detalhes que qualquer cinéfilo iria adorar saber sobre Psicose. Sendo uma obra detalhista, o livro mostra as grandes dificuldades de inovação cinematográfica nos anos 60. Somos até apresentados à grande parceria e relação do diretor com a sua esposa e também revisora de roteiro, Alma Reville. A crise intensa que os dois passaram durante toda a pré-produção do filme, tudo porque nem todos apostavam na ideia absurda que tinha sido proposta.

Uma escrita que se adéqua a qualquer geração, dando uma nova emoção há cada página lida. É realmente brilhante poder apreciar a história do cinema.


Todos aqueles que são cinéfilos ou que tem alguma curiosidade poderão ver trechos do roteiro, explicando todas as expressões usadas por um diretor de cinema. Expressões como “CLOSE UP”, “CUT TO”, são citadas constantemente.

Sendo uma leitura fácil e dinâmica, Stephen Rebello mostra o quanto é inteligente e provocador por fazer essa brilhante homenagem ao mestre do horror, Alfred Hitchock, mostrando ainda o seu lado persistente e sistemático que assustava muitos dos atores com quem trabalhou.

Com o grande sucesso de vendas, o livro recebeu uma adaptação para os cinemas em 2012, com Helen Mirren e Anthony Hopkins como Alma Reville e Alfred Hitchcock.


Resenha escrita por Bruno

2 comentários:

  1. Olá, adorei a resenha muito bem escrita!
    Só ler o nome do Hitchicock me dá arrepios! Rsrsrsrs Vou procurar esse filme, mas antes lerei o livro, um bom leitor, lê antes da adaptação aos cinemas! rsrsrs Beijos

    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Suelaine. Muito obrigado por ter lido a minha resenha!
      Os filmes do Hitchcock são realmente incríveis. Tem dois filmes dele que eu amo ver. Psicose e Janela Indiscreta. Clássicos do suspense.

      Assista o filme também, é muito bom. Abraços.

      Excluir