Menu

quarta-feira, 1 de abril de 2015

Maze Runner (Prova de Fogo) - James Dashner

LIVRO – MAZE RUNNER (PROVA DE FOGO)


Título: Maze Runner (Prova de Fogo)
Título Original: The Scorch Trials
Número de Páginas: 400
Autor: James Dashner
Editora: Vergara & Riba

      O segundo livro é iniciado logo após os acontecimentos do primeiro livro. Depois de superarem os perigos mortais do Labirinto, Thomas e seus amigos acreditam que estão a salvo em uma nova realidade. Mas a aparente tranquilidade é interrompida quando são acordados no meio da noite por gritos lancinantes de criaturas disformes – os Cranks – que ameaçam devorá-los vivos. Atordoados, os Clareanos descobrem que a salvação aparente na verdade pode ser outra armadilha, ainda pior que a Clareira e o Labirinto. E que as coisas não são o que aparentam. Para sobreviver nesse mundo hostil, eles terão de fazer uma travessia repleta de provas cruéis em um meio ambiente devastado, sem água, comida ou abrigo. Calor causticante durante o dia, rajadas de vento gélido à noite, desolação e um ar irrespirável – no Deserto do novo mundo até mesmo a chuva é a promessa de uma morte agonizante. Eles, porém, não estão sozinhos – cada passo é espreitado por criaturas famintas e violentas, que atacam sem avisar. Manipulação, mentiras e traições cercam o caminho dos Clareanos, mas para Thomas a pior prova será ter de escolher em quem acreditar.

      James Dashner torna a história ainda mais intrigante ao colocar todos os seus personagens ao invés de um labirinto, em um Deserto. Situações mirabolantes e muito bem escritas vão ocorrendo de uma forma pouco convencional. 
      
      O mistério em torno da CRUEL é elevado à outro patamar. Por que Thomas e seus amigos foram deixados na Clareira? Por que agora estão no Deserto? Perguntas que serão deixadas para o último volume da trilogia, A CURA MORTAL. 

      O único problema do livro são palavras erradas e erros de concordância que foram passados batidos pelos revisores, mas não é nada que comprometa a qualidade do livro. James Dashner mais uma vez nos entrega um livro extremamente interessante. 


Resenha escrita por Bruno

Nenhum comentário:

Postar um comentário