Menu

sábado, 22 de agosto de 2015

O Cortiço - Aluísio de Azevedo

LIVRO - O CORTIÇO


NOME DO LIVRO: O Cortiço
AUTOR: Aluísio de Azevedo
PÁGINAS: 210
EDITORA: Escala

O Cortiço é um obra de Aluísio de Azevedo, sendo um de seus romances sociais naturalistas mais famosos. A obra tem como temática, mostrar a realidade de agrupamentos de pessoas e seus periódicas mudanças através da influência da raça , do meio e do momento histórico. São mostrados aqui a sensualidade à flor da pele, aos instintos do homem, a hereditariedade como fator chave para que as pessoas se tornem o que são agora, sendo que o protagonista é o próprio cortiço, onde tem as fofoqueiras, os trabalhadores da pedreira, malandros e víuvas pobres.

Se tem uma frase existente que define essa obra, essa frase é: "A realidade, nua e crua. " Um livro que atual e cheio de nuances e personagens ricos, claro, não é um livro que irá prender qualquer leitor. Chega uma hora em que a história pode ser considerada arrastada ou com barriga, mas é isso faz parte de sua característica naturalista. 

O mais interessante de se observar, é o fato da mulher ser dada apenas como um objeto que satisfaça os homens. Uma crítica à sociedade da época, é triste pensar que possámos viver em uma sociedade que atualmente tenha as mesmas características que o autor tenha adquirido à sua trama na época em que o romance foi escrito.

O Cortiço é rico, cheio de cultura e um prato cheio para as pessoas verem que nada mudou em nossa sociedade.

Resenha de Bruno

Um comentário:

  1. Heey!
    Sempre achei que "O Cortiço" fosse um livro chato e que eu teria de ler por conta do vestibular, mas pelo visto o livro é bem interessante ^^
    Abraços!!
    http://desbravando-o-infinito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir